PREFEITURA DE SÃO SEBASTIÃO ADQUIRE CONJUNTOS DE CADEIRAS ADAPTADAS PARA ATENDER PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

PREFEITURA DE SÃO SEBASTIÃO ADQUIRE CONJUNTOS DE CADEIRAS ADAPTADAS PARA ATENDER PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

A cadeira é a mesma comprada pelos governos estadual e federal para utilização em parques

A Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria da Pessoa com Deficiência e do Idoso (SEPEDI), adquiriu 10 conjuntos “Julietário”, compostos por um total de 30 cadeiras de rodas adaptadas, modelo Julietti, criada por um casal de montanistas brasileiros com o objetivo de permitir que pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida tenham acesso ao ecoturismo e pratiquem atividades na natureza e em parques. O modelo de São Sebastião é o mesmo comprado pelos governos estadual, federal e Prefeitura de Campos do Jordão.

Pelas dez unidades, cada uma com três cadeiras, a Prefeitura pagou o mesmo valor unitário da aquisição feita pelo Governo do Estado de São Paulo, que comprou 94 conjuntos, com um total de 282 cadeiras. A Prefeitura de São Sebastião adquiriu o conjunto pelo valor total de R$ 188 mil.

As cadeiras foram compradas pela Prefeitura junto a empresa Montanha Para Todos Consultoria, Pesquisa e Desenvolvimento, com sede em Jacareí.

As cadeiras suportam até 90 Kg e são equipadas com cinto de segurança, apoios para cabeça e pés e freio estacionário com intuito de garantir mais segurança aos usuários.

Além de permitir as atividades de quem tem mobilidade reduzida, os equipamentos podem ser usados também para resgate em caso de acidentes em pontos de difícil acesso nos parques.

A cadeira de rodas especialmente desenvolvida para prática do montanhismo, e também utilizada em outras atividades, pode ser encontrada em 40 pontos pelo Brasil.

O Ministério do Meio Ambiente, também comprou o equipamento, por meio do Programa Parque +, com eixo prioritário na acessibilidade, e disponibilizou as cadeiras no Parque Nacional da Chapada da Diamantina (BA), Fernando de Noronha (PE), Floresta Nacional de Ipanema (SP), Parque Nacional da Serra da Canastra (MG), Serra do Cipó (MG) e Parque Nacional do Caparaó (MG).

A Prefeitura de Campos do Jordão também adquiriu cinco conjuntos do equipamento, a um custo total de R$ 94 mil.

As cadeiras tem o objetivo de reforçar o conceito de ajudar a vida das pessoas com deficiência, com mobilidade reduzida, no qual busca-se a acessibilidade para todos, seja nas ruas, nos parques, nas montanhas, virtualmente e dentro de casa.

O nome

Julietti foi o nome carinhoso que Juliana Tozzi criou para a cadeira adaptada desenvolvida pelo marido Guilherme para ajudá-la a passar por trilhas de difícil acesso. Durante a gravidez, aos 32 anos, ela desenvolveu uma doença rara e irreversível que comprometeu severamente a coordenação motora e a fala.

Patenteada, a cadeira deu origem à empresa Julietti Tecnologia Assistiva, que cria equipamentos para tornar acessíveis as atividades ao ar livre de forma simples e sem a intervenção na natureza.

Fonte: Prefeitura de São Sebastião

Revista Celebridades

Revista Celebridades

DIRETOR RESPONSÁVEL Alexandre Platcheck MTB: 58.402/SP Whats: (12) 97405-0109 Os artigos, colunas e anúncios, não expressam necessariamente a opinião da Revista CELEBRIDADES.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.