ALUNOS VISITAM NAVIO OCEAN WARRIOR

ALUNOS VISITAM NAVIO OCEAN WARRIOR

Nesta terça-feira, alunos de escolas municipais de São Sebastião iniciaram as visitas ao Ocean Warrior, navio que pertence à frota da Sea Shepherd, organização internacional de defesa pela conservação marinha e com a maior frota privada de navios do mundo. São três dias de visitação exclusiva a cerca de 300 estudantes da rede pública de ensino, coordenadas pela Secretaria da Educação (SEDUC).

Hoje, participaram aproximadamente 100 estudantes das unidades escolares: E.M. Prof.ª Luiza Helena de Barros (Barequeçaba), E.M. Prof.ª Patrícia Viviani Santana (Topolândia); E.M. Prof.ª Cynthia Cliquet Luciano (Enseada); e E.M. Prof. Walfrido Maciel Monteiro (Morro do Abrigo).

Inicialmente, os alunos participaram de uma apresentação audiovisual com informações sobre a instituição ecológica, o navio Ocean Warrior, como preservar o meio ambiente, além de saberem mais sobre a rota das baleias que percorrem o canal de São Sebastião.

Em seguida, foram recepcionados por Mara Lott, coordenadora da Campanha Borrifos e da Campanha Ondas Limpas, há 22 anos atuando com a Sea Sheperd, e Vinícius Paceka, coordenador de mídia, há três anos na organização.

 “A visita foi muito legal, os alunos puderem constatar que a tripulação é composta por pessoas de 11 nacionalidades diferentes, muitas mulheres, inclusive a capitã. Ficaram impressionados com a cabine de comando, com a sala de máquinas, mas o mais importante é a questão da preservação dos mares e do combate a crimes ambientais nos oceanos, principalmente para nós, de São Sebastião, que moramos em uma cidade que é rota de baleias. Afinal, o mar é o nosso quintal”, comenta Paula Julião, diretora da E.M. Luiza Helena de Barros.

Os alunos também puderam participar de uma roda de conversa com oficiais da Marinha do Brasil e da Marinha Mercante, que explicaram como é feito o ingresso na área e o que a profissão pode oferecer a quem quiser seguir essa carreira.

Para Rosângela Silva da Paz, coordenadora da E.M. Prof.ª Patrícia Viviani Santana, a experiência trouxe ganhos para o aprendizado e para o futuro dos alunos. “Gostaria de ressaltar a iniciativa da Secretaria da Educação por proporcionar um passeio fora do ambiente escolar, porque é riquíssimo, principalmente em um navio de preservação do meio ambiente, que trabalha com a proteção às baleias. Também pelo contato que os estudantes tiveram com os profissionais da Marinha, em que puderem ficar sabendo que é mais uma opção que está aberta a cada um deles, que podem fazer parte desse trabalho”.

A secretária de Educação, Marta Braz, também participou da visita ao navio junto dos estudantes, e achou a experiência engrandecedora. “A administração municipal possibilita que nossos alunos tenham uma vivência mais abrangente, com visitas monitoradas pelo Centro Histórico, passeios ecológicos, visitas ao Viveiro Municipal, a própria visita ao Ocean Warrior, entre outras ações que permitam aos estudantes uma visão mais abrangente do mundo em que vive”.

Tecnologia a serviço do meio ambiente

Todo o navio é equipado para se adequar às necessidades de patrulhamento dos oceanos e atender a tripulação sem deixar de respeitar os princípios de preservação ambiental: é feita a dessalinização da água do mar, para que haja água fresca e potável no navio; os tripulantes realizam coleta seletiva do lixo produzido e o acondiciona em um contêiner (quando aportados, é feito o descarte correto dos dejetos); não são usados utensílios de plásticos; toda a alimentação produzida é vegana (sem produtos de origem animal); o navio possui ainda um canhão de água para coibir ações criminosas nos mares, além de boias de contenção em caso de derramamento de óleo.

“Achei legal, principalmente a parte da sala de comando e os aparelhos de última geração que eles têm. Se desse, eu me voluntariaria para trabalhar no navio”, Cláudio Rodrigues Macedo, 14 anos, aluno do 9º Ano B, da E.M. Luiza Helena de Barros.

Já para Isabella Franzen da Cruz, de 13 anos, aluna do 9º F da E.M. Prof.ª Patrícia Viviani Santana, o trabalho de proteção aos animais marinhos e o intercâmbio com pessoas de diversos países. “Nem todo mundo tem a consciência que realizar um ato afeta todo mundo, prejudicar as baleias, pro exemplo, pode afetar todos nós. E também foi legal ter contato com pessoas de outros países para poder entender como eles vivem”.

Sobre o Ocean Warrior

Em uma parceria entre a Prefeitura de São Sebastião, por meio da Secretaria de Turismo, e a Sea Shepherd, o navio Ocean Warrior veio do Uruguai, onde esteve em missão de monitoramento de águas na América do Sul, e chegou ao Brasil pela primeira vez, atracando no Porto de São Sebastião em 13 de março.

Com bandeira da Holanda, a embarcação possui 50 metros de comprimento e nove metros de largura. Sob seu comando está a capitã Mar Casariego, espanhola de 29 anos.

O Ocean Warrior tem a missão de averiguar denúncias e fiscalizar a pesca ilegal, combater a matança de baleias e golfinhos por bycatch (pela captura de forma acidental, durante a pesca), entre outras ações de proteção aos oceanos.

A Sea Shepherd é uma organização sem fins lucrativos, fundada em 1977, pelo capitão e ambientalista Paul Watson, para agir no combate a crimes ambientais nos oceanos e áreas costeiras.

Ao longo dos anos, a organização tem a oportunidade de utilizar os intervalos entre missões para promover visitas a bordo que já aconteceram em diversos países, tais como, Austrália, Reino Unido, Portugal, Estados Unidos e México.

Fonte: Prefeitura de São Sebastião

Revista Celebridades

Revista Celebridades

DIRETOR RESPONSÁVEL Alexandre Platcheck MTB: 58.402/SP Whats: (12) 97405-0109 Os artigos, colunas e anúncios, não expressam necessariamente a opinião da Revista CELEBRIDADES.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.