Concretagem de cratera na Marginal Tietê é finalizada e pista central será liberada às 17h desta quinta

Concretagem de cratera na Marginal Tietê é finalizada e pista central será liberada às 17h desta quinta

O serviço de concretagem da cratera que se abriu na Marginal Tietê, após o asfalto ter cedido ao lado de obra do Metrô da Linha 6-Laranja na Zona Norte de São Paulo, foi finalizado na noite desta quarta-feira (2).

Após a conclusão do trabalho, foi descartada a necessidade de colocação de estacas para deter a erosão do solo e a pista central da Marginal será liberada às 17h.

Já a pista local, a mais afetada pelo acidente, ainda não tem previsão de liberação.

Em nota, a Secretaria de Transportes Metropolitanos e a Sabesp, afirmam que a pista central tem condições de segurança para circulação de carros.

“Foi realizada uma análise no local, que demonstrou que foi bem sucedido o trabalho de concretagem da abertura causada pelo acidente ao lado do Poço de Ventilação da Linha-6 Laranja de Metrô e do rompimento da tubulação de esgoto ao lado das obras. Com isso, não será necessária a instalação de estacas para contenção da pista local da Marginal Tietê”, diz o texto.

Ainda de acordo com a gestão estadual, serão instalados tapumes para preservar o local, proteger a população, permitir a limpeza do espaço e evitar que a curiosidade de motoristas pelo trabalho das equipes cause lentidão no fluxo de veículos.

O buraco foi preenchido com 4 mil m³ de concreto, o equivalente a 650 caminhões betoneira.

Foram despejados 12 mil m³ de pedras no poço VSE Aquinos, que corresponde a 1,2 mil caminhões basculantes – a quantidade de concreto utilizada poderia erguer 6 prédios de 16 andares.

Mais de 220 colaboradores da Secretaria, da Sabesp e Linha Uni atuaram na realização desses trabalhos.

Reparo

A cratera e o túnel de ventilação foram concretados para dar mais sustentação e evitar novos deslizamentos na pista da Marginal Tietê, além de apoiar a tubulação de esgoto rompida para poder efetuar os reparos.

O esgoto de 9 bairros que passava pela tubulação rompida foi transferido para outra rede coletora paralela.

O reparo da tubulação ainda não tem prazo para começar, pois será necessário aguardar o término da concretagem e retirada da água que vazou, e que será feita pelo poço da obra do Metrô que fica do lado contrário da marginal.

20 mil toneladas de concreto

A concretagem do mega buraco começou na madrugada de terça para quarta (2) e cerca de 120 caminhões da empresa se revezaram para transportar cerca de 20 mil toneladas de concreto de sete usinas da Concreserv até o local do acidente, disse Fábio Novaes, presidente da empresa.

Na manhã desta quarta-feira (2), caminhões de pedras também foram registrados na região transportando pedras usadas para a estabilização do buraco. As pedras foram jogadas dentro do buraco, junto com a argamassa.

Segundo Paulo José Galli, secretário de Transportes do estado, os custos extras com o solapamento, como os gastos com rochas e concreto, serão pagos pela Acciona, pois já estão inclusos nos riscos de engenharia. O valor de concessão do contrato não vai aumentar.

Esgoto da região central

No início da semana, o secretário de Transportes afirmou que a liberação da Marginal poderia ocorrer no prazo de até dez dias.

Ele também disse que o esgoto que vazou no poço de ventilação e na cratera será retirado pelo outro fosso localizado no sentido Castello Branco da Marginal, já que a água alagou todo o túnel, que interliga os dois pontos.

“As rochas são colocadas no fosso de ventilação para dar estabilidade ao sistema todo e uma vez dando estabilidade nós vamos fazer a remoção do esgoto através do fosso do outro lado da Marginal Tietê”, explicou Galli.

O tatuzão que estava no túnel no momento do desmoronamento foi danificado e novas peças serão compradas para reformá-lo.

Segundo Galli, os custos extras com o solapamento, como os gastos com rochas e concreto, serão pagos pela Acciona, pois já estão inclusos nos riscos de engenharia. O valor de concessão do contrato não vai aumentar.

Por conta do acidente, o rodízio municipal de veículos ficará suspenso na cidade de São Paulo até sexta-feira (4).

Fonte: G1

Revista Celebridades

Revista Celebridades

DIRETOR RESPONSÁVEL Alexandre Platcheck MTB: 58.402/SP Whats: (12) 97405-0109 Os artigos, colunas e anúncios, não expressam necessariamente a opinião da Revista CELEBRIDADES.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.