Casos de síndrome gripal são atendidos no Postão da avenida Rio Grande do Sul

Casos de síndrome gripal são atendidos no Postão da avenida Rio Grande do Sul

Devido ao aumento no número de casos de síndrome gripal em Ubatuba, a Secretaria de Saúde implementou um posto de retaguarda para atender os pacientes com sintomas leves de resfriado ou gripe. Os casos são atendidos desde o último dia 30 de dezembro no Centro de Especialidades Médicas, o Postão, localizado na avenida Rio Grande do Sul, 710, no Centro.

Desde a abertura, cerca de 300 pacientes já foram atendidos no posto de retaguarda, que segue funcionando das 8h às 17h até a próxima sexta-feira, dia 7, quando será avaliada a necessidade de expansão do prazo. De acordo com a enfermeira da equipe de coordenação da Atenção Básica, Glaucia Wirthmann, o posto de retaguarda é voltado apenas para casos leves de gripe e para crianças acima de 5 anos. “As pessoas que apresentam desconforto respiratório ou outros sintomas mais graves de gripe devem procurar a Santa Casa ou os Prontos Atendimentos da Maranduba e Ipiranguinha. Menores de 5 anos também devem procurar atendimento diretamente no Hospital”, explicou a enfermeira, ressaltando ainda que as fichas para consultas serão abertas até às 15h30, para que todos recebam atendimento dentro do horário estipulado.

A criação do posto de retaguarda foi a solução encontrada para desafogar a Santa Casa durante o período de grande movimento na cidade, devido às comemorações da virada de ano. A preocupação com os atendimentos de síndrome gripal se dá pela ampliação dos casos de gripe causada pela variante H3N2 do vírus Influenza e que se espalhou por todo o país. Até o momento, Ubatuba registrou dois casos confirmados laboratorialmente de H3N2.

Santa Casa de Ubatuba

O tempo de espera para os atendimentos na Santa Casa de Ubatuba está elevado e para priorizar os casos de urgência e emergência, o Hospital espera contar com a colaboração da população para que em sintomas leves de gripe e resfriado procure por atendimento no Postão. Na última semana, cerca de 50% dos atendimentos da Santa Casa estavam relacionados à síndrome gripal. “Nossa equipe tem orientado os pacientes a procurem o gripário em casos leves, mas não podemos negar atendimento. Por isso, diante do fluxo intenso do hospital nesta época do ano, a conscientização da população é importante, principalmente porque o tempo para atendimento na Santa Casa está em torno de 6 horas”, explicou a gerente de enfermagem do hospital, Cintia Cristina da Silva.

Influenza H3N2

O vírus H3N2 é uma variante do vírus Influenza A, que é um dos principais responsáveis pela gripe comum e pelos resfriados, sendo facilmente transmitido entre pessoas por meio de gotículas liberadas no ar quando a pessoa gripada tosse ou espirra.

Os sintomas são febre alta no início do contágio, inflamação na garganta, calafrios, perda de apetite, irritação nos olhos, vômito, dores articulares, tosse, mal-estar e diarreia, principalmente em crianças. A prevenção da gripe H3N2 segue os mesmos cuidados necessários para evitar a Covid-19, como distanciamento físico, uso de máscara e higienização correta das mãos.

Fonte: Prefeitura de Ubatuba

Revista Celebridades

Revista Celebridades

DIRETOR RESPONSÁVEL Alexandre Platcheck MTB: 58.402/SP Whats: (12) 97405-0109 Os artigos, colunas e anúncios, não expressam necessariamente a opinião da Revista CELEBRIDADES.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *