Saiba quais raças de cães que precisam de mais cuidados com a saúde

Saiba quais raças de cães que precisam de mais cuidados com a saúde

Está pensando em levar um novo cãozinho para casa? Antes de tomar essa decisão, saiba que existem algumas raças de cães que os veterinários não recomendam por conta dos problemas de saúde associados.

Ben, um veterinário do Reino Unido, viralizou após de compartilhar um vídeo no TikTok contando quais são as cinco raças de cães que ele “nunca possuiria” após sua experiência em tratá-los. Confira abaixo:

Chow Chow

Esses gigantes fofos estavam no topo da lista de Ben. “Tenho certeza de que existem alguns bons, mas acho que eles geralmente não têm um temperamento muito bom”, explicou ele.

“Eles podem ser muito distantes, muitas vezes são muito agressivos com os veterinários. Eles sofrem muito comumente com uma tonelada de problemas oculares, e suas línguas roxas são um pouco enervantes”, acrescentou.

Cavalier King Charles Spaniel

O veterinário fez muitos elogios a esses cães populares, mas acrescentou que, embora sejam os cães mais adoráveis, ele nunca teria um como animal de estimação devido a seus problemas de saúde.

“Eles têm muitos problemas. Praticamente todos eles têm o mesmo tipo de doença cardíaca, chamada doença da válvula mitral, o que significa que eles passam seus últimos dias lutando para respirar e, finalmente, morrendo de insuficiência cardíaca”, contou.

Dachshund

Ben incluiu esses cães muito amados em sua lista devido a um problema de saúde comum. “Eles são cães realmente adoráveis, alguns dos meus pacientes favoritos são cães salsicha, mas um em cada quatro deles desenvolve problemas nas costas durante a vida”, explicou ele.

“Isso pode variar de apenas dor a paralisia completa. Isso geralmente significa que eles precisam fazer uma cirurgia na coluna, o que obviamente é um empreendimento enorme que tem um período de recuperação muito longo”, completou.

Shar Pei

Shar Peis ficou em quarto lugar na lista de Ben devido à sua aparência enrugada característica que pode rapidamente acumular contas de veterinário. “A maioria dos Shar Peis que vejo tem muitos problemas de saúde”, disse ele.

“Existem pessoas criando Shar Peis menos exagerados, mas a maioria deles é muito enrugada. Eles são tão enrugados que precisam colocar as pálpebras no lugar, estão sempre tendo problemas de pele e têm canais auditivos minúsculos e estreitos.”

Raças de cara achatada

Por fim, Ben nomeou raças de rosto achatado, incluindo buldogues franceses, buldogues ingleses e pugs, como outro tipo de cão que ele nunca teria como animal de estimação.

Os problemas de saúde que esses cães experimentam foram amplamente divulgados nos últimos anos. Eles ficaram no final da lista de expectativa de vida em um estudo do início deste ano, e alguns pediram para proibir essas raças como parte de uma repressão ao perigoso “excesso de reprodução”.

Fonte: Petépop

Avatar

Revista Celebridades

DIRETOR RESPONSÁVEL Alexandre Platcheck MTB: 58.402/SP Whats: (12) 97405-0109 Os artigos, colunas e anúncios, não expressam necessariamente a opinião da Revista CELEBRIDADES.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *