Pets idosos podem ser benéficos para tutores: ‘São agradecidos’

Pets idosos podem ser benéficos para tutores: ‘São agradecidos’

Animais a partir dos quatro anos começam a ser rejeitados por adotantes, tornando o número de cães adultos desabrigados ainda maior, relata voluntária de ONG de Itapetininga (SP).

Além de passarem parte da vida em abandono, cães e gatos mais velhos enfrentam uma triste realidade nos abrigos: a dificuldade em encontrar um lar. Por isso, o g1 conversou com especialistas para explicar os benefícios de adotar um animal já adulto ou até mesmo um “idosinho”.

Aproximadamente 130 cachorros adultos vivem hoje em um abrigo da União Internacional de Proteção ao Animal (Uipa) de Itapetininga (SP). Quase 70% dos cães abrigados têm mais de quatro anos, comenta a presidente da ONG, Fernanda Nery.

De acordo com ela, é justamente a partir desta idade que os cães começam a ser rejeitados pelos adotantes. “É horrível. As pessoas deveriam dar mais chances aos [cachorros] mais velhos”, lamenta.

“Eu acho que tem um preconceito muito grande. A pessoa, normalmente, quando adota, nem imagina o trabalho que vai ter para deixar o filhote ‘pronto’, vamos dizer assim”, diz o veterinário Reynaldo Landgraf.

Diferentemente dos filhotes, a ONG consegue indicar um animal adulto conforme as possibilidades do adotante. “As pessoas querem os filhotes por serem fofinhos, pequenos, mas eles são uma caixa de surpresas. Não tem como saber sobre a personalidade do animal que está levando. Um pet mais velho já vem com ‘manual de instruções'”, explica Fernanda.

Resgatada pela Uipa, a cadela Penélope, que chegou com filhotes ao abrigo, viu todos eles sendo adotados enquanto esperava por um novo lar. Aos quatro anos, a cachorrinha, então, encontrou a família Barra, que logo se apaixonou por ela.

Em setembro de 2022, a “gateira” Sandra Barra, que não tinha tempo para dedicar a animais filhotes, se encantou por Penélope. “Ela tinha uma carinha carente e de quem estava precisando de um lar. Foi amor à primeira vista”, relembra.

Fonte: G1

Avatar

Revista Celebridades

DIRETOR RESPONSÁVEL Alexandre Platcheck MTB: 58.402/SP Whats: (12) 97405-0109 Os artigos, colunas e anúncios, não expressam necessariamente a opinião da Revista CELEBRIDADES.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *