“Brincar de morder” livre seu filhote desse hábito o quanto antes!

“Brincar de morder” livre seu filhote desse hábito o quanto antes!

Para um cachorro filhote, morder qualquer coisa que esteja ao seu alcance é uma maneira natural de expressar sua curiosidade brincalhona e também ajuda a aliviar a dor da dentição. E aí para eles vale tudo: de brinquedos, móveis e outros objetos até as mãos e as canelas dos humanos! No entanto, é importante se livrar desse hábito o quanto antes. Até porque, seus dentes se tornam mais afiados e o que antes era visto como uma diversão, pode se tornar um problema se o comportamento não for controlado.

Se ele aprender a respeitar limites durante as brincadeiras, os acidentes serão evitados, já que a pele dos humanos é muito sensível, e o convívio será mais agradável. Portanto, procure desde cedo ensinar seu cão que morder as pessoas não é permitido.

Aqui estão algumas lições simples sobre como educar um cão a não morder:

Ajuste a intensidade da mordida 

Você pode pensar que evitar que seu cachorro morda imediatamente é uma boa ideia. Mas fazer isso pularia um estágio vital do desenvolvimento cognitivo do seu cão. Os filhotes têm necessidade de morder e fazem isso até como uma forma de interação. É muito importante que o filhote que morde aprenda a reconhecer até que ponto sua mordida causa dor e, portanto, aprenda a regular a pressão que exerce. Isso o ajuda a desenvolver uma inibição interna que o impede de recorrer a respostas excessivas em situações de estresse ou medo.

Para ensinar seu filhote canino a não morder com muita força, considere a maneira natural de brincar dos pequenos. Mordiscar suavemente é um comportamento natural de todo filhote, então deixe-o fazer isso. Mas, assim que ele morder sua mão com mais força, solte um ganido e não mova sua mão.

Isso diz ao cão que ele foi longe demais e logo aprenderá a moderar sua força. Todas as pessoas que brincam com o seu cachorro devem adotar esta estratégia. A consistência é muito importante no treinamento de um filhote e a repetição ajuda a reforçar cada lição. Você também pode reforçar este exercício com recompensas: feche a mão como um punho e aperte um petisco. O filhote sentirá o cheiro da comida e tentará acessá-la. Abra a mão somente quando ele não estiver mordiscando ou coçando o punho.

Seja firme e o ignore

Se o filhote ficar mordendo sua mão e seu ganido não fizer efeito, seja firme na forma de falar com ele. Você pode dizer, de forma severa: Não!, Acabou! ou Chega! Levante-se e ignore-o por 10 a 20 segundos. Após o intervalo, incentive-o a brincar com você novamente. Elogie seu cachorro por parar de morder ou lamber você. Retome a brincadeira. Se ele te morder com força de novo, repita o processo. Faça isso diariamente.

Lembre-se que um cachorro mordendo quer atenção. Sempre que o cãozinho escolher como alvo das mordidas a sua mão ou seu tornozelo, diga NAÕ de forma severa e se afaste. É importante ignorá-lo, para ele entender que com mordidas a diversão acaba e você não dará mais nenhuma atenção a ele.

Às vezes, é melhor dar uma pausa

Filhotes de cães e bebês humanos têm muitas coisas em comum. Uma delas é que às vezes é difícil se concentrar em uma lição, principalmente se estiver agitado. Muitas vezes, a melhor coisa a fazer é deixá-lo ir: parar de treinar e dar algum tempo para o filhote se acalmar, talvez com um brinquedo.

Não pense que privá-lo da aula com você é um castigo. Essa é apenas uma maneira de permitir que ele recupere a compostura. Quando ele se acalmar, sinta-se à vontade para retomar o treino do filhote.

Use brinquedos para redirecionar sua atenção

Como morder, roer e, em geral, usar a boca são comportamentos naturais em cães, não devemos eliminá-los completamente. Desde o início, no entanto, o filhote deve ter certeza de que morder um brinquedo é bom, enquanto morder a pele das pessoas não é. Ao treinar o cachorro, certifique-se de que ele tem brinquedos para morder para que ele entenda que no caso de brinquedos pode se divertir à vontade, enquanto alguns limites devem ser respeitados com a pele.

Há vários brinquedos específicos para direcionar as mordidas dos cães, como os mordedores que podem ser recheados com ração, ossos naturais e de nylon, cascos e chifres de boi. Proporcione também atividades físicas para ele gastar energia, como passeios diários.

Elogie o comportamento adequado

Tenha em mente que o ideal é sempre elogiar o comportamento adequado e ignorar o inadequado, não interagindo com o pet. Então, quando seu animal estiver se entretendo com um brinquedo que você apresentou, elogie-o, ofereça um petisco e fale com uma voz doce: “Muito bem! Bom menino!”

Instinto sob controle

Filhotes de algumas raças de cães, como border collie, collie e pastor alemão, nascem com um forte instinto de pastorear o rebanho, o que os leva a morder os calcanhares e tornozelos do tutor na tentativa de manter o “rebanho” em movimento ou conduzi-lo para onde quiserem. Isso explica por que os cães mordem os pés com particular interesse em certos casos.

Se o seu amigo de quatro patas apresentar esse comportamento, pare cada vez que ele te morder e fique imóvel, para que ele entenda que sua mordida está produzindo o efeito contrário ao desejado. Com o tempo ele vai parar de fazer isso. Além disso, durante o treinamento, evite usar chinelos, sandálias ou calçados semelhantes – eles chamam muito a atenção para os pés.

Fique calmo e focado 

Treinar um filhote requer muita paciência e persistência. Seu cachorro pode não entender imediatamente o que você está tentando ensiná-lo, então fique calmo e tranquilo. Mantenha o foco e continue as lições. Gritos e broncas servem apenas para assustar o filhote ou gerar estresse desnecessário, todas as coisas negativas que o filhote pode se lembrar mesmo quando adulto e que podem causar exatamente o comportamento que você deseja evitar.

Se você achar que o seu cachorro está tendo dificuldade em aprender a não morder, você pode recorrer a um adestrador profissional. Cães que mordem são um perigo para você e para os outros e é sua responsabilidade garantir a segurança de quem lida com seu animal de estimação.

Fonte: Meus Bichos

Revista Celebridades

Revista Celebridades

DIRETOR RESPONSÁVEL Alexandre Platcheck MTB: 58.402/SP Whats: (12) 97405-0109 Os artigos, colunas e anúncios, não expressam necessariamente a opinião da Revista CELEBRIDADES.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.